Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal

Apps for Good Portugal recebe prémio da UNESCO Notícias

12/10/2020

Criado em 2008, o Apps for Good – programa educativo tecnológico em que jovens entre os 10 e 18 anos criam aplicações para resolver problemas da nossa sociedade –, recebeu o Prémio UNESCO – Hamdan bin Rashid Al-Maktoum de Boas Práticas e Desempenho Exemplar na Melhoria da Eficiência dos Professores. Com este prémio, a UNESCO reconhece internacionalmente a abordagem inovadora do Apps for Good para melhorar o desempenho e a eficácia dos professores para uma educação de qualidade para todos, sendo a primeira vez que Portugal recebe o prémio.

Atualmente na sua 7.ª edição, o Apps for Good Portugal é agora reconhecido pela UNESCO. O prémio distingue a abordagem inovadora que dá aos professores, ao nível da formação e materiais didáticos, e por conseguirem promover o progresso da aprendizagem dos seus alunos.

A entrega do prémio decorreu no Dia Mundial do Professor, em Paris, com a UNESCO a homenagear o Apps for Good Portugal por ser um programa que impulsiona todos os princípios para a educação tecnológica e inclusiva que são defendidos por todas as organizações trabalham para um melhor modelo de educação para o futuro.

O Apps for Good é um programa líder na inclusão digital de alunos e professores e na contribuição para a evolução do modelo educativo atual que pretende seduzir jovens e professores, do 2º ciclo ao Secundário, para a utilização da tecnologia como forma de resolver os seus problemas, propondo um novo modelo educativo mais intuitivo, colaborativo e prático. O objetivo do programa é desenvolver aplicações (apps) para smartphones e tablets que possam contribuir para a resolução de problemas relacionados com a sustentabilidade do mundo em que vivemos. O programa educativo já chegou a 1133 professores portugueses e continua a fazer crescer uma nova geração de problem-solvers e empreendedores sociais e tecnológicos.

O Apps for Good, lançado e operacionalizado pelo CDI Portugal, tem o Município de Oeiras como um dos seus parceiros desde 2018. Ao longo do ano letivo, em Oeiras, muitos alunos e professores experienciam a totalidade do ciclo do desenvolvimento de um produto, desde a criação da ideia à escolha do modelo de negócio, desde o design da app ao seu picth. Assim, introduz-se na escola um modelo inovador de ensino-aprendizagem, com uma forma diferente de ensinar tecnologia e os conhecimentos de cada disciplina através de uma nova metodologia de projeto, que potencia um conjunto de competências transversais. Esta é uma experiência que prepara os jovens para uma sociedade atual e na qual é possível criar uma ponte entre as escolas e o mercado de trabalho.

 

Para mais informações, aceda aqui e aqui.