Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal

Projeto Erasmus+ “Unesco Untold Stories of a Country” Notícias

11/03/2019

O Projeto Erasmus+ Unesco Untold Stories of a Country , que está a ser desenvolvido no Agrupamento de Escolas de Paço de Arcos (AEPA), deu início à sua primeira mobilidade estratégica de alunos e professores, com o destino à Sicília, no período compreendido entre os dias 10 e 16 de fevereiro.

Os alunos do 3.º ciclo, Marta Silva, Roberto Milisse, Catarina Lopes e Francisca Torres, acompanhados pelas professoras Ana Cristina Martins e Ana Paula Tavares, partiram de Lisboa, com os seus objetivos bem definidos e preparados, tendo por base um percurso formativo que lhes permita futuramente desenvolver uma consciência do valor sociocultural dos itinerários de investigação propostos, ao longo de sete dias de trabalho, integrados em equipas de jovens oriundos da Sicília, Espanha, Bulgária, Roménia e Polónia.

Através das atividades propostas no projeto, ao longo destes dois anos letivos, procurar-se-á mostrar a importância que o Património Cultural (os bens que recebemos dos nossos antepassados) tem para cada um dos países envolvidos, para todos os seus cidadãos e para o Mundo inteiro, consciencializando os alunos para a diversidade cultural e para o conhecimento e proteção do respetivo Património existente, pois através destes bens pode-se conhecer a forma como os nossos antepassados viveram e compreender melhor a nossa vida presente.

Através das visitas a Siracusa, algumas aldeias no Val di Noto e a Villa del Casale na Piazza Armerina, os alunos conheceram o património local Unesco e contactaram com os cidadãos locais, a quem realizaram questionários com o objetivo de determinar a importância do Património Unesco nos locais onde habitam, das suas vantagens e desvantagens para o meio ambiente e para a economia do país declarado.

Os alunos do Instituto Profissional "Paolo Calleri", coordenado pelo prof. Alessandro Ruffino, receberam e trabalharam com os seus parceiros para realizar todas as atividades planeadas durante a semana da mobilidade e os alunos do AEPA foram acolhidos por famílias dos alunos italianos, o que certamente enriqueceu ainda mais as suas vivências pessoais e académicas.